Professores, uni-vos! Professores, façam-se respeitar!!

Professores, uni-vos! Professores, façam-se respeitar!!

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Faço

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

No Diário do Professor você encontra artigos e links sobre o dia-a-dia da Educação:

Planos de aula, Atividades, Práticas, Projetos, Livros, Cursos, Maquetes, Meio Ambiente… e muito mais!

Compartilhe!

Um comentário sobre “Professores, uni-vos! Professores, façam-se respeitar!!

  1. Gostei da indignação!
    Isso acontece em escolas públicas e particulares. A diferença é que, nas públicas, os pais não vem dizendo que pagam o salário dos professores e sim os próprios diretores, secretários de educação, etc., é que temem por seus cargos “de confiança” e se submetem a tudo, pois os políticos que os colocaram ali vão continuar precisando dos votos do povo para permanecerem no poder. Em ambos os casos, a verdadeira educação é que não acontece, pois educação sem limites e regras de convivência em sociedade não é educação.
    Só não gosto dessa idéia de que os colégios militares é que sejam o exemplo a ser seguido, pois acredito em diálogo, democracia, construção conjunta – profissionais da escola, pais e alunos – das regras escolares e não acho que é andando pra trás que melhoraremos nada. Estamos em 2012 e a realidade é outra. A escola tem que se renovar, em todos os sentidos.
    Quanto aos professores, por melhores que sejam, como podem fazer um bom trabalho assim, sem apoio, sem respeito, tendo que se sujeitar a absurdos e ainda sendo vistos como vilões no final??? O maior desrespeito aos professores vem de cima, dos políticos. O desrespeito dos alunos aos professores é só um reflexo disso, além de ser também parte da idade, do desenvolvimento de crianças e adolescentes, que precisam testar mesmo os limites, a autoridade, etc. Isso é normal. O absurdo é que, ao testar limites, fiquem sem chão, pois os professores e a escola como um todo acabam obrigados a se sujeitar àquilo que vai continuar trazendo votos para os políticos safados ou que vai continuar mantendo a escola “funcionando”!
    Os professores não merecem isso e nem os próprios alunos! É um desserviço a todos!!!
    Os alunos vão crescendo sem noção de limites – que cidadãos serão assim? – e os professores ficam esgotados, física e psicologicamente, com razão.
    É o país dos absurdos mesmo!!!

Os comentários estão encerrados