Você está aqui: Capa » Dicas... » Como citar as fontes… Conversa sobre citações em trabalhos acadêmicos

Como citar as fontes… Conversa sobre citações em trabalhos acadêmicos

Como citar as fontes… Conversa sobre citações em trabalhos acadêmicos

Este texto eu fiz para meus alunos de pós-graduação à distância.

Percebi que muitos trabalhos vem com diversos pedaços copiados.

Muitas, vezes, capítulos inteiros, senão todo o trabalho.

Esta questão de plágio no meio acadêmico está se tornando uma epidemia, especialmente com as facilidades advindas da internet.

“CTRL C CTRL V” virou forma de escrever…

Então fiz este texto orientando a forma correta de citar (ou uma delas), pois percebi que muitos faziam por ignorância mesmo, por falta de conhecimento de como escrever um texto acadêmico (sem contar os “propositais”).

Estou inserindo o texto aqui e quem quiser utiliza-lo, fique a vontade, bastando citar a fonte (re re re).

Quem perceber alguma falha minha nas orientações, peço o favor de avisar.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Professor

 

Considerações sobre cópias, citações, plágios e outros bichos

por Declev Reynier Dib-Ferreira

http://diariodoprofessor.com

Professor-Orientador de TCC

Nenhum conhecimento adquirido em outro trabalho é utilizado sem dar o crédito e nada, absolutamente nada se copia sem deixar muito claro de que se utilizou daquele conhecimento adquirido ou se copiou aquele pedaço de texto. Por menor que seja.

Em um trabalho científico não ter cuidado com isso é perigosíssimo. É plágio.

É claro que deve-se fazer pesquisas e utilizar as informações mais relevantes para fazer o seu texto. Mas, repetindo, é para fazer o SEU texto. As informações devem fazer parte de seu texto, não SER o seu texto!

Você tem que entender as informações lidas de um texto, mesclá-las com de outras fontes e com suas próprias palavras. Então você vai ler, entender, fazer anotações, pegar as coisas mais importantes e construir um texto seu, com as SUAS palavras.

Bom, como fazer isso sem ser plágio (que é crime)?

Pode-se, sim, retirar pedaços inteiros da sua fonte e colocá-los no seu texto, sem problemas.

Mas quando utilizamos uma ideia contida em um texto para construir nosso próprio texto, devemos obrigatoriamente citar a fonte – seja quando for uma citação direta (igual ao texto lido, uma cópia literal de um pedaço), seja quando não for uma cópia direta. E há regras claras para isso.

Vejamos:

Caso 1 –

Quando se utiliza algo que você apreendeu de outro trabalho, uma ideia, um conhecimento, sem ser cópia literal.

Neste caso, deve-se citar o outro autor na parte em que você utiliza a ideia dele, e o seu trabalho deve estar na sua bibliografia.

Neste caso, coloca-se, por exemplo, no final da frase: (DIB-FERREIRA, 2005), onde “Dib-Ferreira” é o último sobrenome do autor e 2005 é o ano de sua obra.

Ou, também, o nome do autor pode estar na frase que você mesmo escreveu: “Conforme Dib-Ferreira (2005) analisou, o lixo nem sempre é visto como vilão…”.

O texto utilizado, como dito antes, deve ser citado nas referências, ao final do seu trabalho (e que também há regras para tal). Veja:

DIB-FERREIRA, Declev Reynier. As Diversas Visões do Lixo. Dissertação de Mestrado. Niterói: Universidade Federal Fluminense, Instituto de Geociências, Mestrado em Ciência Ambiental, 2005.

Caso 2 –

Quando se utiliza um pedaço copiado de outro autor – Pequeno, com 3 linhas ou menos.

Neste caso, o pedaço copiado (por menor que seja) vem entre “aspas” e, na citação, vem também a página de onde tirou, além do sobrenome e ano da publicação. As aspas dirão que o pedaço é cópia. Nas referências, ao final do seu trabalho, é igual ao caso anterior.

Veja o exemplo:

“Devemos refletir se uma pedagogia baseada na descartabilidade e seu posterior aproveitamento pela coleta seletiva/reciclagem é de fato sustentável” (DIB-FERREIRA, 2005, p.150).

Ou

Conforme Dib-Ferreira (2005, p.150) afirma, “devemos refletir se uma pedagogia baseada na descartabilidade e seu posterior aproveitamento pela coleta seletiva/reciclagem é de fato sustentável”.

Caso 3 – Quando se utiliza um pedaço copiado de outro autor – Grande, com 4 linhas ou mais.

Neste caso, a citação deve vir com recuo no texto de 4 cm, em fonte menor e espaçamento 1, bem destacado. Como já está destacado, não precisa nem de “aspas”.

Veja o exemplo:

Segundo Dib-Ferreira (2006, p. 149),

devemos nos comprometer com uma educação ambiental e com políticas públicas que questionem o modelo de sociedade que estamos construindo – baseada no consumo, na descartabilidade e na injustiça social, a qual poderá fatalmente nos levar a uma crise ambiental e social de grandes proporções e solução cada vez mais complexa.

Observações:

Quando você retira alguma coisa de algum autor de dentro do texto de outro autor, você usa o “apud”. As regras acima são as mesmas, mas na hora de citar a fonte, você cita, por exemplo:

Eigenheer (2000, apud DIB-FERREIRA, 2005)

ou

(EIGENHEER, 2000 apud DIB-FERREIRA, 2005)

Ou seja, as palavras são de Eigenheer, mas você as viu em Dib-Ferreira. Nas referências, você coloca a referência de Eigenheer (que você pega no trabalho que você leu), seguido de apud e a referência do Dib-Ferreira.

Considerações Finais:

Construir um texto dá trabalho. Ele tem que ser SEU. Não se pode simplesmente pegar partes aqui e acolá e copiá-las, fazendo um Frankstein a partir da cópia de pedaços de outros autores. Deve-se escrever com suas próprias palavras.

Você gostou do que os outros autores escreveram? Ótimo! Mas foram ELES que escreveram, não você! Então, não pode dizer que é seu. Assim como também não pode não dizer que não é seu.

Por isso que existem as regras.

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

No Diário do Professor você encontra artigos e links sobre o dia-a-dia da Educação:

Planos de aula, Atividades, Práticas, Projetos, Livros, Cursos, Maquetes, Meio Ambiente… e muito mais!

Compartilhe!

Sobre Declev Dib-Ferreira

Declev Reynier Dib-Ferreira é professor, biólogo, educador ambiental, especialista em EA pela UERJ, mestre em Ciência Ambiental pela UFF, doutor em Ciências pela UERJ.

12 comentários

  1. Valter Augusto

    Muito oportuno,Declev!Mesmo!Eu,no meu projeto de pesquisa pro mestrado-que eu não fiz-acho-não estou bem certo- que fiz desse jeito.
    Ps:vc esqueceu da frase muito comum em textos acadêmicos:Declev nos ensina que…

  2. Valter Augusto

    Porra,meu texto ficou confuso!

  3. Domingos Sávio de Oliveira

    Caro Professor,
    Em primeiro lugar obrigado pelas dicas de metdologia para o trabalho de cosntrução de textos.Elas para mim são úteis.
    A atividade da pesquisa e da escrita além de gradificante é ardua, mas vale apena.
    Obrigado
    Sávio

  4. Nilson Oliveira

    Muito bacana Tutora, essa orientação é bem vinda. Sugiro aos demais academicos ler também as regras da ABNT que são muito importantes para construção de trabalhos acadêmicos:
    NBR6023-2002-Referencia, NBR10520-2002_citacao, NBR_14724_2005_apresentacao_de_trabalhos_academicos, aqui pode ser feito CTRL C e CTRV dos titulos para o google e irá encontrar as referidas normas.

    Abração,

    Nilson

  5. Obrigado Declev, as orientações serão de grande valia para a construção do nosso TCC.

  6. Boa noite professor preciso de uma orientação em caso de matéria de site, se ela for exatamente o que você está precisando para o seu tópico o que fazer??? posso copia-la CtrlC CtrlV???
    Agradeço a Atençao .

    • Sempre que você copiar igual, tem que seguir as regras que cito: letra menor, espaçamento ao lado esquerdo, espaços antes e depois do texto normal e citada a fonte.

      Veja alguns artigos acadêmicos, quase todos têm partes citadas. Isso é chamado de “citação direta”.

      Não convém, porém, uma citação direta muito grande.

      Se for grande, mas importante para seu trabalho, pode-se pegar e colocar em anexo, na parte final do trabalho, citando-se a fonte (sempre).

  7. Gostei! Muito bom o conteúdo, muito instrutivo e com uma linguagem simples.
    Obrigado, recomendo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>