Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado

Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado.

Sim senhores e senhoras, a frase acima foi dita, obviamente, por um político.

Nada menos do que o governador do Ceará, cid gomes.

O mesmo senhor decente que,

em evento com a participação da presidente Dilma Rousseff e de ministros, ao falar sobre a importância dos exames para detectar câncer de mama e câncer de próstata, o governador disse que, no caso dos homens, não há aparelho para detectar o tumor e o método “é o velho dedo”. “Para o homem, não inventaram um aparelhinho que possa detectar (o câncer de próstata). É o velho dedo”, disse Cid Gomes, acrescentando em seguida: “O danado é o cara se viciar e querer estar todo dia na porta do urologista.”

A estapafúrdia frase é tão insana, que nem merece ser levada a sério, assim como este senhor, mas o fato é que ele é governador do estado do Ceará e isso implica em maltratar o professor.

E assim, com a educação capenga, fica mais fácil eleger senhores deste naipe.

De qualquer forma, espero que ele tenha culhões de falar isso para

E tantas outras categorias que fazem greve por aumento de salário.

Só quem não faz greve por aumento de salário são os filhosda#*@#* dos políticos – classe deste senhor que não honra o cargo que tem – porque eles aumentam os próprios salários com apenas uma ou duas canetadas, no tempo que forma, quando querem, sem prestar contas a ninguém.

Assim é muito fácil, senhor governador!

É por isso que eu estou aderindo à campanha

Apoie a redução do salário dos políticos Brasileiros

E convido todos a participar!

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Por um salário decente

Sobre Declev Dib-Ferreira

Declev Reynier Dib-Ferreira é professor, biólogo, educador ambiental, especialista em EA pela UERJ, mestre em Ciência Ambiental pela UFF, doutor em Ciências pela UERJ.

5 comentários

  1. angelica batista

    tenho uma filha autista, está na rede municipal de niteroi… só eu sei a desorganização que faz na cabecinha dela! 1 semstre foi paralização toda semana in do e voltando da escola e agora greve!! como um funcionario pega a responsabilidade de fazer dupla regência com a criança que é especial e adere a greve?! ACHO IRRESPONSABILIDADE

    • Oi Angelica,

      Entendo sua situação.

      Mas sou profissional da rede de Niterói também e também estou em greve. Porém, não me agrada estar em greve.

      Confesso que sofro com isso, inclusive sentimento de culpa. Mas não se pode culpar e achar que são os professores os irresponsáveis.

      Os irresponsáveis são os secretários de educação, que fazem e desfazem ao seu bel prazer. Para projetos mirabolantes de empresas e institutos particulares, eles sempre têm dinheiro.

      Para investir de verdade dentro da escola, não.

      Os professores pegam a responsabilidade de dupla regência para complementar o rendimento, mas a dupla não é certo: um dia ele pode ter, no outro não.

      A pergunta que você deve fazer é: por que minha filha não tem um professor para acompanhá-la que não seja de dupla regência, visto que é um direito dela?

      E eu posso garantir que o trabalho feito pelas professoras que acompanham os alunos especiais, na minha escola, é maravilhoso.

      Abraços,

  2. Rapaz!Juiz tem férias de 2 meses!E aqui em sampa querem dividir nossas férias de 30 dias em 2 partes!Descalabro!
    Ps:Declev,explique pra essa senhora,a D.Angélica ,que irresponsabilidade é colocar no poder essa corja!
    Abraço.

  3. cide falo muito bem para esses professores que estão de greve

  4. Para Hosana e Angelica

    Irresponsabilidade e postar um comentário desse tipo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>