Vídeo sobre sexualidade produzido na escola

Apresento um vídeo produzido em um projeto sobre sexualidade na escola em que trabalho em Niterói.

O projeto foi desenvolvido pela professora Adriana, de Português e a produção teve o apoio do BemTV, uma ONG de Niterói que trabalha com comunicação.

Participei do vídeo sendo entrevistado.

Ficou bom e parabenizo a professora e os alunos participantes.

Link: http://www.youtube.com/watch?v=WTB9W3OiR0o

Declev Reynier Dib-Ferreira
Entrevistado

6 comentários sobre “Vídeo sobre sexualidade produzido na escola

  1. Declev,
    Valeu pela entrevista. Isso é só um pouquinho do que podemos fazer…Não aprendi tudo do moviemaker, mas foi legal aprender a fazer o roteiro de um vídeo.Só lembrando que foi tudo feito com a máquina fotográfica. Quem sabe ano que vem poderemos fazer mais….?Abraços,
    Adriana
    Parabéns pelo site.Ele está muito bacana…

  2. Declev, vc sabe que esses projetos que usam vídeo me seduzem bastante. E gosto desse resultado final, onde se vê que a galera colocou a mão na massa mesmo.
    mas, admito que o que mais me chamou a atenção nesse vídeo foi te ver sem barba! 🙂

    abraço
    heraldo hb

  3. Parabéns pelo vídeo, vale a pena divulgar. O triste é ver na maior emissora de tv do Brasil, em horário nobre e num dos programas de maior audiência o povo dizendo que AIDS só é transmitida em relações homossexuais. O pior é muitas pessoas só tem isso como fonte de informação.

  4. Parabéns para a profª Adriana e para seus alunos pela iniciativa de promover a informação sobre esse tema tão pertinente. Afinal, sabemos o quanto são frequentes os casos de gravidez na adolescência, apesar de toda informação promovida pela mídia. Por isso acredito muito no trabalho realizado à parte, por professores e alunos, pois quando o aluno é agente do processo o resultado chega com mais eficácia.

  5. eu não sei o que dizer deste vídeo , eu gostei bastante de saber dessas paradas , mais tipo eu fico ainda com medo disso , a minha prima ela foi estuprada , e ela não sabe o que fazer eu queria saber como eu posso ajudar a ela .
    eu gostei do video pra caramba !!!
    bjinhos ;*

    • Oi Juliana,

      Uma pessoa estuprada pode ficar com um trauma grande. Talvez seja preciso uma ajuda profissional, um psicólogo.

      No mais, muito carinho, compreensão, ajuda, presença amiga sempre que for preciso.

      Abraços,

Os comentários estão encerrados