ayres britto, momentos antes de se aposentar, faz pedido por aumento salarial a líderes políticos

ayres britto, momentos antes de se aposentar, faz pedido por aumento salarial a líderes políticos.

Ele tá certo.

Quem vai querer um emprego em que tem milhares de regalias, não paga comida, carro, morada, roupa (tudo pago pelo povo), que pode fazer a m. que for que não acontece nada e só ganha uns 30 mil reais??

Continuar lendo


Resposta da secretária: “Sugira mudar para o sábado. A mulher já entrou no mercado de trabalho faz tempo”

[Pergunta da professora:] @ClaudiaCostin, Fui informada que para poder participar da reunião escolar da minha filha, tenho que levar uma falta no meu cartão de ponto.

[Resposta da secretária:] @******** Sugira a escola de sua filha fazer como a rede, reuniões aos sábados. A mulher já entrou no mercado de trab faz tempo.

Continuar lendo


Meritocracia na educação: injustiças e descasos

Artigo que conta a história de um professor que ganha uma viagem para Nova York porque trabalha na “melhor escola” do Rio, segundo os índices oficiais – IDEB.

Só que, como digo, a educação não é um trabalho como outro qualquer, ao contrário do que pensam os economistas e administradores colocados, à fórceps político, nas cadeiras do poder.

Como se pode dizer que este é melhor que aquele?

Continuar lendo


O que é Síndrome de Burnout afinal e como tem atacado os profissionais de educação?

É importante conhecermos um pouco mais sobre a Síndrome de Burnout, tanto através de informações quanto de relatos de experiências, pois é cada vez mais comum entre os profissionais de educação.

Continuar lendo


Escola Pública hoje: relatando e refletindo um pouco mais

Relatos acompanhados de reflexões sobre mais alguns casos que acompanhei, trabalhando como pedagoga em escolas públicas: heróis dos alunos, brigas entre alunos, indisciplina, doenças, problemas familiares, violência, religião, síndrome de burnout, bullying, psicologia, etc.

Continuar lendo


O que faz o pedagogo na escola? Será que você sabe mesmo?…

O que faz e o que deveria ou poderia fazer o pedagogo, especialmente o orientador educacional, na escola?

“Uma das funções do orientador educacional é justamente procurar tecer essa rede de relacionamentos, atuar sobre as relações que acontecem na escola ou que a atingem indiretamente, procurando uma união que mantenha a pluralidade existente mas que ganhe força política para lutar pelas mudanças tão necessárias para todos.”

Continuar lendo