Quero que o Flamengo se exploda!!!

Aliás, quero que o flamengo, o vasco, o fluminense, o botafogo, o corínthians, o santos e todos os times de futebol se explodam!

Quero que o futebol se exploda!

Todo pré, durante e pós jogos “importantes” é a mesma coisa: meu facebook fica lotado de provocações, xingamentos, implicâncias, baixarias e outras baboseiras dos torcedores de um time contra os outros.

Como se fossem uns melhores que outros.

Sim, eu já torci um dia. Um dia fui flamenguista. Nasci numa família de flamenguista, fui influenciado desde criança e achava, inconscientemente, que tinha que ser como os outros.

Mas um dia me libertei e descobri que não preciso. Não preciso ter um time, não preciso “pertencer” a nenhuma “nação”.

Nem mesmo ao “brasil” do futebol, pelo qual não derramo nem uma lágrima nem adrenalina quando joga.

Há muitos anos, em um determinado dia, lembro muito bem, desisti de torcer. Foi quando li uma notícia sobre o hoje senador Romário. Bom político, por sinal.

A notícia nos dava a informação que o jogador, que tinha passado pelo vasco e pelo flamengo mas não estava em nenhum dos dois, ainda deveria receber algo em torno de 150 mil mensais DE CADA TIME, durante uns 10 anos!

Ainda deve estar recebendo.

Eu pensei: um jogador recebe MILHÕES pra muitas vezes fazer m em campo, sai de um time vai pra outro, volta pro mesmo, beija o escudo de todos, barganha, faz chantagem, foge de concentração, chuta pênalts pra fora e nós, torcedores, vamos ficar tristes, bravos, brigar, chorar e até matar pelos times?

Tô fora.

Desde este dia eu simplesmente apaguei qualquer ranço de torcedor de futebol que havia em mim.

E hoje, depois de alguns jogos “importantes”, tenho minha timeline do facebook inundada de provocações, implicâncias, xingamentos de uns contra os outros só por conta de o outro ser de outro time. E então estou no ônibus e vejo uma notícia na televisão que os empresários inventaram para ganhar mais um trocadinho às nossas custas:

Corínthians

Percebem? Não? Vou aproximar a imagem pra vocês perceberem melhor a que ponto chegamos:

Corínthians chacina

Enquanto “mulambada”, “vice”, “florminense” e outros xingamentos são destilados – muitos deles frutos SIM de nossos preconceitos – e um juiz que erra é massacrado publicamente, a notícia de uma chacina de 8 mortos é inserida no caderno “Cotidiano”.

País lindo, povo gentil.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Sem time.