Novo colunista do Diário do Professor: Dante Pincelli O Velho

O Dante Pincelli é meu amigo “virtual”.

Nos conhecemos por intermédio da Regina Milone e, de lá pra cá, nos falamos via internet.

Venho descobrindo muitas afinidades com ele, especialmente a sua verve artística. Sou um artista frustrado, poeta, pintor, inventor.

Gosto da convivência com artistas, o que infelizmente nem sempre faz parte do meu dia a dia. Então, não creio que seja a toa que nos encontremos.

O Dante vem dar ao Diário do Professor uma pitada de poesia. Pitada esta que eu mesmo, mesmo poeta e apesar de postar algumas, não consigo.

Veja o que ele diz sobre si mesmo, Dante por Dante:

“Arte educador, músico, compositor, letrista, poeta bipolar, pode ir do romântico ao devastador numa vírgula. Pai, avô, marido e vascaíno. Procura a beleza e a plenitude nas coisas simples da vida. Emotivo e passional, se refugiou nas montanhas pra viver a vida que imaginou desde os tempos de criança. É um tanto ou quanto recluso.”

Espero que gostem, comentem e entrem em contato.

As trocas são sempre bem-vindas.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira

4 comentários sobre “Novo colunista do Diário do Professor: Dante Pincelli O Velho

  1. Que bom que o Dante vem aí!!!!!
    Arteiro, poeta, rebelde… Vai acrescentar muito e até mudar o tom, tantas vezes cinzento, das eternas discussões sobre educação.
    Bem vindo, Dante!
    Beijos..

  2. Tom cinzento…
    Tomara que eu consiga ‘trazer um pouco de cor’, afinal educar é colorir todas as possibilidades …
    Obrigado Regina.

    • É verdade… o tom é cinzento e, independente de quem goste da cor, isso não é bom.

      Mas todos os tons e cores são necessários para discutir a educação e encontrar o melhor caminho.

      Por isso, seja bem-vindo, mais uma vez.

      Abraços,

Os comentários estão encerrados