As lições do dia a dia

As lições do dia a dia.

Free Stock Photo of Metallic Part 13

Hoje saindo da escola entramos no carro e não conseguimos ligá-lo.

Eu não dirijo, quem dirige é minha esposa, que trabalha nas mesmas escolas e mesmos horários (sim, haja amor, ou paciência…).

Ela tentou girar a chave, mas estava travado. Eu tentei, quase arrebentei a ignição, mas não dava.

Ligamos pra concessionária e somente disseram para “chamar um guincho e levar pra lá”.

Entrei na escola novamente e procurei alguém que, porventura, entendesse de carro – sim, sou um completo ignaro neste quesito – e que, porventura, pudesse auxiliar-nos.

Estava lá o professor de capoeira. Disse que entende um pouco de “mecânica”, não de carro, e foi vê-lo.

“Ah, o carro está numa descida, com a roda virada, o volante travado… assim o mecanismo interno da parafuseta [essa foi minha] trava e não sai mesmo do lugar”.

“Ahtá…”

“Tem que virar um pouco o volante para lá e pronto!”.

Ligou o carro.

Estupefato com minha ignorância, ainda tive que ouvir umas verdades do nosso salvador, na conversa amigável que rolou depois:

“As pessoas compram carro e só querem botar gasolina e sair dirigindo. Não sabem nada de nada do funcionamento dele. As pessoas teriam que, pelo menos, fazer um curso pra aprender um mínimo do funcionamento dele, pra não ficar na mão”.

É, ele está certo.

O conhecimento, a sabedoria geral é muito importante.

Às vezes nos fechamos tanto, nos fixamos tanto em apenas certos ou poucos conehcimentos, que não estamos abertos a novos.

Mais conhecimentos nunca é demais. E hoje é cada vez mais fácil obtê-los. A internet nos ajuda muito.

Por exemplo, antes, para fazer um curso à distância era uma dificuldade, apesar de que existe desde que eu era criança. Lembro que nas revistas em quadrinhos que eu lia tinha um anúncio de cursos por correspondência.

Hoje, basta uma clicada aqui e ali e achamos algo.

É só fazer uma pequena busca, por exemplo, como cursos no Brasil, e já estamos com o conhecimento do mundo nas mãos.

Novos horizontes a cada dia. Procure, aprenda, cresça, construa novos conhecimentos a cada dia.

Eu penso em aprender um pouco de mecânica…

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Aprendiz

 = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

No Diário do Professor você encontra artigos e links sobre o dia-a-dia da Educação:

Planos de aula, Atividades, Práticas, Projetos, Livros, Cursos, Maquetes, Meio Ambiente… e muito mais!

Compartilhe!

3 comentários sobre “As lições do dia a dia

  1. Eu vivo dizendo que vou aprender um pouco de mecânica, Declev, porque cansei de ser enganada em oficinas (com mulheres então, eles metem a mão!), mas ainda não me animei…rsrsrsrs
    Boa sorte! 😉
    Beijos…

  2. E tem o peso do imediatismo contemporâneo. É tudo pra ontem, então se temos como fazer, temos tempo e sabemos, fazemos na hora. Se der trabalho, tiver que pensar ou pesquisar então dizemos a nós mesmos e aos outros que ‘não dá’. Por vezes pode-se resolver problemas com um pouco de dedicação paciente e observação sincera. Mas a pressa nos bloqueia o raciocínio, que nem sempre é rápido e assim precisamos pedir ajuda ou ficamos sem a solução.
    Aqui no trabalho tem um ano que chegou um monitor novo, moderno, tela plana, HD e o escambau. Tiraram da caixa e instalaram, mas ele ‘não ligava’. Tentaram, tentaram e concluiram que veio com defeito, puseram na caixa pra devolver. Resolvi olhar, instalei de novo e liguei. O ‘problema’ era a localização do botão de ligar. Ninguém viu que era embaixo. O monitor funciona até hoje

    • Oi pai Edu,

      Seus comentários são sempre bem-vindos.

      É isso. Estou me tornando isso, imediatista. É uma roda-viva que temos que estar atentos para não ser engolidos.

      Beijos na família.

Os comentários estão encerrados